Você está lendo o Artigo:

Cuidar de si mesmo pode começar com um copo d'água

O cabeleireiro e empreendedor Artur Lopes fala sobre a importância da vaidade para o homem.

Conteúdo

Buscar o bem-estar é cuidar da sua autoestima. E nesse Novembro Azul, mantendo o foco na importância do cuidado masculino com a própria saúde, a gente falou com quem entende disso: Artur Lopes, cabeleireiro e um dos sócios do coletivo Cubo.

"Uma das coisas que fez eu ter a ideia do nome Cubo, foi ele ter diversas faces. Ele não tem costas, nem frente. O cubo é como um gato: ele nunca cai de costas."

Artur Lopes é cabeleireiro há 16 anos.

Há seis anos o Cubo foi criado em Porto Alegre e, hoje, além do salão de beleza, conta com o Cubo Academy — com o objetivo de formar novos profissionais — e o Cubo Creative Team — que une arte e técnica como forma de inspiração. São diversas vertentes que fazem do coletivo um espaço aberto à criatividade.

Junto do seu sócio Jonathas Diniz, o salão vem repensando a forma como um simples corte de cabelo pode afetar a vida das pessoas. Porque a vaidade não é exclusividade da mulher: cuidar de si mesmo também é essencial pra autoestima e bem-estar do homem. "O que a gente faz aqui é trabalhar pra que a pessoa se sinta bem. Eu acredito que não cuidamos da beleza, cuidamos da saúde. Se tu olhar no espelho e gostar, tu vai sorrir, ficar bem, querer buscar mais. Isso também é saúde".

Pra quem busca versatilidade e praticidade em qualquer ambiente.

"Eu vejo uma mudança de atitude nas pessoas: elas estão entendendo o que é preciso para estar mais presente, mais conectado consigo." E respeitar o corpo e o estilo da pessoa são parte essencial do trabalho do Artur e de todos os cabeleireiros do Cubo. Vai além de um corte de cabelo — é uma experiência. "O que importa é o que fica, não o que você tira da pessoa."

"Vamos ver pessoas com cada vez mais identidade."

Cada vez mais, é possível enxergar a identidade das pessoas através do exterior. A moda e a vaidade com o corpo também são formas de expressão. E ninguém precisa ter vergonha de mostrar seus gostos e ser autêntico. Velhos preconceitos estão caindo por terra e uma nova geração — mais saudável, antenada e social — começa a tomar conta desse tempo que vivemos.

E pra todos os homens que nunca tiraram um segundo pra dar atenção a si mesmo, o Artur deixa a dica:

"Comece agora a se cuidar. O tempo passa muito rápido e, muitas vezes, o que a gente precisa pra mudar tá num simples copo d'água. Não é uma cirurgia plástica que vai mudar você."

Cuide do seu bem-estar com as peças da Família Banho.